facebook_pixel

Sinais que indicam a hora de chamar um eletricista

Principalmente quem mora em apartamento antigo, em casa ou mora de aluguel deve prestar atenção se perceber alguns desses sinais que podem causar um incêndio:
 
Tomadas esquentando
Caso perceba alguma tomadas ou fios esquentando é sinal que há algo errado. Os eletrodomésticos mais perigosos são geladeira, chapinha, secador de cabelo, ferro de roupa, lava-louça, aspirador de pó e o principal causador de incêndio: o chuveiro
 
Disjuntores desarmando
Se acontecer com frequência significa que algo está causando uma sobrecarga na rede elétrica, neste momento é muito importante chamar um profissional para que faça uma manutenção preventiva, do que precisar trocar toda afiação depois. Mais abaixo veja a comparação de preços.

Luzes escurecendo ou piscando
Se ao ligar o micro-ondas, máquina de roupa, chuveiro ou qualquer aparelho que escureça as luzes ou provoque oscilações, significa um erro na instalação elétrica. Neste caso o melhor é pagar uma visita de um eletricista que medirá todos os pontos de energia para encontrar o problema.

O problema pode ser simples de resolver, portanto não espere derreter a afiação e desenvolver um problema mais caro.

 
Aqueles que constroem uma casa desde o início, com material de qualidade e profissional de confiança consegue ter melhor controle desses riscos mas quem aluga Ap ou casa não conhece a procedência da rede elétrica, ou quem mora em imóveis antigos onde possui instalação elétrica padrão antiga, que nem é usada mais, deve ler isto e ver as dicas para resolver com baixo custo.
 
Essa falta de preocupação com a fiação é extremamente perigosa, quando tem algum problema pode causar desde a queima de algum aparelho até um incêndio.
 
Esses são alguns sinais que indicam possíveis problemas com a instalação. Nesses casos é importante chamar um eletricista assim que possível.

Outro ponto a levar em consideração é se a instalação está muito antiga, e se é compatível com os equipamentos utilizados. Muitas vezes apenas acrescentamos aparelhos em nossa residência sem pensar se a instalação elétricaestá ou não preparada para recebê-los.

Além disso como qualquer outra coisa em sua casa a instalação elétrica pode ficar deteriorada com o tempo. Geralmente o recomendado é realizar uma revisão a cada 5 anos com um profissional.

Lembre-se que a manutenção da instalação elétrica também é uma questão de segurança.

Ficando sempre atento à sua instalação você cuida da segurança de sua família, evita a perda de eletrônicos e ainda economiza, afinal prevenir é sempre melhor.

Quando devo contratar um eletricista?

Como foi dito, é bem comum procurar sempre a opção mais barata, mas este pensamento pode te levar a graves consequências. As pessoas que pensam assim, geralmente optam por fazer a maior parte do trabalho mesmo sem ter a capacitação necessária. Cuidado! Você pode estar colocando em risco o seu patrimônio e as pessoas que ali frequentam.

Sendo assim, a resposta da primeira pergunta é bem simples! Você deve contratar um eletricista todas as vezes que houver algum trabalho que envolva a área da eletricidade. Mas preste bastante atenção, não são todas as pessoas que se apresentam como eletricistas que são profissionais, ou seja, existem muitos amadores sem capacitação trabalhando nesta área e efetuando serviços totalmente fora das normas.

É muito importante que este profissional escolhido tenha boas referências e seja capacitado na área do serviço que você precisa. Esta é uma das formas de buscar um trabalho com qualidade, evitando riscos desnecessários. Já falamos em outro artigo aqui do Mundo da Elétrica como escolher um bom eletricista, caso queira conhecer todos os detalhes, basta fazer esta leitura complementar.

Porque contratar um eletricista?

Tanto você quanto o eletricista não capacitado, podem cometer os mesmos erros básicos em tarefas simples como por exemplo, instalar um chuveiro ou um ventilador de teto. Dimensionamento de cabo incorreto, uso de equipamentos de má qualidade, isolamento e aterramento ruim, excesso de equipamentos provocando sobrecarregar na rede, tudo isso são erros bem comuns nos serviços realizados por pessoas não capacitadas.

Tanto numa ampliação de uma rede elétrica quando na reforma de uma já precária, deve-se pensar muito bem e evitar a utilização de fios usados ou emendados. Jamais improvise extensões, se você precisar de uma extensão elétrica para ligar um novo eletrodoméstico, compre uma nova e verifique se o produto foi inspecionado pelo órgão responsável.

O barato pode sair caro!

Economizar é importante, mas economizar corretamente é fundamental! As pessoas precisam entender que quando o assunto é elétrica, a qualidade e segurança devem ser prioridade. Se você não tiver conhecimento teórico e não seguir as normas regulamentadoras, as chances do seu trabalho não ser de qualidade são muito grandes e nestes casos, um dos resultados catastróficos que pode ocorrer é o curto circuito e consequentemente causar um incêndio de grandes proporções. Sendo assim, não pense duas vezes! Conte sempre com um bom eletricista para realizar os trabalhos de elétrica da sua residência.

Os especialistas alertam que além de buscar um bom eletricista, o contratante deve assessorar e inspecionar a compra dos materiais necessários para a execução dos serviços. Busque sempre os materiais adequadas para a atividade que será realizada e opte pelas marcas que tenham boas referências.

Jamais aceite que o eletricista faça qualquer tipo de gambiarra neste trabalho realizado. A gambiarra pode parecer uma alternativa vantajosa e prática no momento, mas na verdade ela é uma verdadeira bomba relógio. Questione sempre que achar necessário, um bom diálogo é sempre o melhor caminho para estreitar a confiança entre o eletricista e o contratante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *